Mercado de Arte nº 10

25 de novembro a 20 de dezembro de 2001

Dezembro de 1967. Trabalhava a pouco mais de um ano com meu irmão Ralph em sua galeria, a “Art Art”, quando presenciei a venda de uma ótima pintura de Cândido Portinari, “Mãe”, a um grande colecionador da época.

Passados quase 35 anos, a obra – estudo de parte do painel “Ira das Mães”, hoje pertencente ao acervo do Museu de Arte de São Paulo – permaneceu com a família do colecionador. Agora, tenho o prazer e a oportunidade de apresentá-la nesta mostra, como capa deste catálogo.

Paralelamente, consegui reunir um acervo com esculturas, pinturas e várias técnicas sobre papel, sendo 31 delas adquiridas no mesmo período dos anos 60, por outros três colecionadores.

Há espaço também para arte contemporânea dos anos 50, 60 e 70, de excelentes artistas surgidor na época, como Bandeira, Di Prete, Krajcberg, Wesley, Tomoshige e Gerchman, entre outros.

Desta maneira, sem poupar esforços, a exposição anual “Mercado de Arte” chega à sua décima edição com a certeza de ter cumprido novamente seu principal objetivo: apresentar parte do acervo das obras não vistas recentemente no circuito das artes.

Ricardo Camargo

Obras participantes